NOTÍCIAS

Eugénia Melo e Castro, Alexandre Guerra, Regina Benedetti e 5 a Seco

Solano Ribeiro - Cultura Brasil /Portal de Musica Brasileira

No dia em que um português descobriu o Brasil, uma portuguesa descobre a música de Minas Gerais. 
Eugénia Melo e Castro é conhecida do nosso público. Há duas décadas grava música brasileira, com músicos daqui e em nosso país. Seu mais recente projeto é o CD “Um gosto de Sol”, só com obras de compositores mineiros. No repertório do disco e do programa, esmeraldas como a faixa título, “Um gosto de Sol”, “Sol de primavera” e “Cais”.
O compositor italiano Antonio Vivaldi compôs suas “Quatro estações” inspirado nos bosques europeus, num inverno com neve, num verão breve e brando e, talvez, num outono de tons e sobretons secos. Já a inspiração de Alexandre Guerra veio da mata atlântica, do sabiá e do clima tropical. Solano Ribeiro mostra as quatro estações de Alexandre Guerra, que estão no CD “Estações brasileiras”, pontuado com poesias ‘climáticas’ de Fernando Pessoa.
Regina Benedettié do interior de São Paulo, mais precisamente de Mirassol. Bailarina, cantora, percussionista e compositora lança seu segundo disco, “O canto da sereia”, no qual faz homenagem à cultura afro-brasileira (“Cargueiro negro”) e mostra como enxerga sua terra (“Terra pequena”).
Léo Bianchini, Pedro Altério, Pedro Viáfora, Tó Brandileone e Vinícius Calderoni já tiveram seus trabalhos individuais mostrados por Solano Ribeiro. Agora, o produtor apresenta o 5 a seco, trabalho coletivo dos músicos, gravado ao vivo no auditório do Ibirapuera.

Solano Ribeiro - Programa 294 (2012-04-22)

Link> http://www.culturabrasil.com.br/programas/solano-ribeiro-e-a-nova-musica-do-brasil/arquivo-10/eugenia-melo-e-castro-alexandre-guerra-regina-benedetti-e-5-a-seco-2